Por que hidrogênio é considerado o futuro da mobilidade na Europa

Por Leandro Alves, do UOL

0
60

A urgência para levar o país e sua principal indústria, a automotiva, a atender os inevitáveis requisitos de emissões na Europa trouxe para o mesmo palco, esta semana, o principal representante do governo alemão para a área de transportes e o CEO da Daimler AG.

Na pauta da convenção híbrida – autoridades, executivos e poucos órgãos de imprensa reunidos em um estúdio para a transmissão do evento pela internet – a apresentação do primeiro caminhão, ainda um protótipo, movido a hidrogênio da Mercedes-Benz, o GenH2.

Mas antes da revelação desse pesado, que promete revolucionar o transporte de longas distâncias a partir da segunda metade dessa década, o que se ouviu foi o compromisso do governo alemão de apoiar o desenvolvimento dessa que pode ser A matriz energética da Europa nos próximos anos.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions. Para continuar lendo, visite o site UOL com a matéria completa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui